Um Amargo fim Para o Rio Doce

Deixando rastro de destruição, a lama trazida pelo Rio Doce, após o rompimento da barragem da Mineradora Samarco, em Mariana (MG), chega ao Espírito Santo  avançando sobre o mar e destruindo o estuário, berçário de peixes e crustáceos.


Copyright vinho 170 Marcello Lourenço / Acervo H


Acervo H >> Tragédia do Rio Doce


Entenda melhor >>  Folha de São Paulo     Instituto Socioambiental      G1

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s