Peconhas, peçonhas, quedas e lesões nos açaizais

Pesquisa inédita tenta comprovar em dados os riscos da coleta do açaí


Na capital paraense, Belém, a alta do preço do açaí preocupa os consumidores finais do fruto. Levantamento divulgado pelo DIEESE-PA aponta um aumento de 20% do litro em 2015, com custo médio de R$17,05 do suco tipo médio (no Pará, o açaí é vendido na forma líquida com densidades diferentes – popular, médio e grosso). No interior do Estado, nas zonas de extrativismo, no entanto, a preocupação é outra: os riscos a que o peconheiro (nome dado àqueles que sobem no açaizeiro com o uso da “peconha”), está submetido e aos acidentes que não são registrados no sistema de saúde e junto às entidades que lidam com a segurança do trabalhador rural.
Notícia completa >> Instituto Peabiru

 


A Coleta do açaí


Esta edição é parte do projeto ” Cadeia Produtiva do Açaí ” organizado por Acervo H.
Trabalhador na coleta do fruto.

Mais imagens >> Logo Shelter Acervo H ok

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s