Miguel Chikaoka

ChikaokaEngenheiro eletrotécnico graduado pela Universidade de Campinas, iniciou na fotografia em Nancy, na França, onde morou entre 1976 a 1979. A partir de 1980 instala-se em Belém do Pará, onde se engaja como fotógrafo nos movimentos políticos e culturais emergentes Produziu reportagens e documentários para o Jornais “Movimento” e “Resistência” da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos. Foi colaborador da Agencia F4 e integrou o corpo editorial das Revistas “Cuíra” da Universidade Popular de Belém do Pará e “Gibi” com a Agência Emaús. Trabalhou com o Movimento Nacional de Meninos e Meninos de Rua e a Unicef na realização de um documentário sobre a Realidade da Criança e do Adolescente no Interior da Amazônia. Em 1984, com o apoio da Fundação de Amparo ao Desenvolvimento da Pesquisa da Universidade Federal do Pará e a Fundação Nacional da Arte do Ministério da Cultura, idealizou e coordenou o projeto “FotoAtiva”, um programa de fomento ao ensino, pesquisa e difusão da atividade fotográfica na região, cujo desdobramento levou Belém a se projetar como uma das mais importantes referencias no contexto da fotografia brasileira Atento aos paradigmas educacionais emergentes, estuda e experimenta metodologias com dispositivos inovadores que repercutem para além das fronteiras do estado do Pará. Atualmente dirige a Agência Kamara Kó Fotografias, da qual é sócio fundador e trabalha com reportagens e documentários com foco nas cenas da Amazônia.

Imagem e Conteúdo